NEUROPSICOLOGIA Onde a Neurologia se liga à Psicologia

Marta Ladeira Varela, Neuropsicóloga de O VIGILANTE

NEUROPSICOLOGIA Onde a Neurologia se liga à Psicologia

A Neuropsicologia é a especialidade da Psicologia que se dedica ao estudo das relações existentes entre o comportamento humano e a sua base neurológica, o cérebro, prestando especial atenção às consequências que as lesões cerebrais provocam nas funções cognitivas e no comportamento. Para isso, dedica-se à avaliação e reabilitação de alterações cognitivas, emocionais, comportamentais e/ou funcionais decorrentes de lesões cerebrais adquiridas, processos neurodegenerativos ou perturbações do neurodesenvolvimento.

A consulta de Neuropsicologia é realizada por um Psicólogo com especialização em Neuropsicologia e, pode ser dividida em duas partes: Avaliação Neuropsicológica e Intervenção Neuropsicológica.

A Avaliação Neuropsicológica consiste na avaliação complexa das funções cognitivas (e.g., orientação, atenção, memória, linguagem, raciocínio lógico, funções executivas, praxias, gnosias), assim como das áreas emocional, comportamental e funcional, através de uma bateria de provas específicas. Esta avaliação implica também a recolha de informação relativa à história de vida e história clínica do paciente (sempre que possível na presença de uma figura de referência), assim como, sempre que possível, ao recurso a resultados de técnicas de neuroimagem (e.g., TAC, ressonância magnética) e a informações de outros profissionais de saúde tais como Médico de Família, Psiquiatra e/ou Neurologista. Esta avaliação decorre geralmente entre 3 a 5 sessões e, no final da mesma, é realizado um relatório onde se apresentam os resultados obtidos.

Após a avaliação, é possível obter o perfil do paciente, identificando pontos fortes e défices e, com base neste perfil é proposta uma Intervenção Neuropsicológica, onde se realizarão atividades definidas e estruturadas com fim terapêutico, adaptadas a cada situação específica. O objetivo é recuperar ou estabilizar a progressão dos défices, melhorando a qualidade de vida do paciente, tornando-o mais adaptado funcionalmente. Sempre que necessário é realizada também uma orientação às figuras de referência.

 A consulta de Neuropsicologia é indicada em várias situações, nomeadamente:

- Lesões cerebrais adquiridas (e.g., acidentes vasculares cerebrais - AVC, traumatismos crânio-encefálicos- TCE);
- Tumores cerebrais;
- Quadros demenciais; 
- Quadros psiquiátricos de hiperatividade e défice de atenção; 
- Dificuldades de aprendizagem.